Publicidade

Notícias

lupa
fechar

Publicidade

Geral | 15 de Julho

Homem quase perde a perna após explosão de cigarro eletrônico que estava no bolso

Homem quase perde a perna após explosão de cigarro eletrônico que estava no bolso

O americano Nader Harb estava começando o expediente quando suas roupas pegaram fogo e deixaram queimaduras de 3º grau

Nader Harb mora em Ohio (Estados Unidos) e passou pela sinistra experiência de ver seu cigarro eletrônico explodir em seu bolso. "Foi pior do que ser atropelado", disse ele sobre a experiência. A explosão deixou queimaduras de terceiro grau em sua perna.

Segundo o Daily Mail, a queimadura tem o tamanho de uma "bola de vôlei" e deixará uma cicatriz gigante em sua coxa. Nader estava se preparando para um dia de trabalho em um açougue, quando o acidente ocorreu.

Segundo investigações, a bateria de lítio do aparelho entrou em combustão e incendiou a calça dele: "caí no chão e rolei para apagar o fogo. Só depois entendi o que estava acontecendo", afirma Nader em entrevista à rede TV americana WKYC

"Foi uma dor que nunca senti antes. Foi pior do que quando fui atropelado", completa. Como consequência, após o acidente, ele entrou na Justiça querendo uma indenização. A empresa coreana LG Chem (ou simplesmente LG) não é novata nesse tipo de problema com baterias do tipo, inclusive, existem casos de morte envolvendo cigarros do tipo. Em janeiro, William Brown, 24 anos, morador do Texas, morreu após um cigarro do tipo explodir em seu rosto e cortar uma artéria do pescoço.

Nader espera agora ao menos vencer a ação contra a coreana.

*Informações do Portal R7.com

Redação Folha Vitória
Voltar

Publicidade

HTML5 WHMSonic Radio Player

Central da Biografia

A Seguir

21:00 Top 10 Brasil