Publicidade

Notícias

lupa
fechar

Publicidade

Política | 26 de Junho

Governo do ES reforça fiscalização e investe em tecnologia para reduzir mortes de trânsito

Governo do ES reforça fiscalização e investe em tecnologia para reduzir mortes de trânsito

Com foco na proteção da vida nas vias urbanas e rurais capixabas, o Governo do Estado apresentou, nesta terça-feira (25), uma série de ações com o objetivo de reduzir o número de mortes de trânsito e de pessoas com sequelas permanentes causadas por acidentes. As entregas e anúncios feitos pelo governador Renato Casagrande priorizam a integração de forças e o investimento em tecnologia, estrutura e formação profissional.  Dentre elas, está o lançamento das operações integradas de fiscalização e educação de trânsito Força pela Vida, que terão início na primeira quinzena de julho.

As operações terão o papel de reforçar a fiscalização e coibir infrações e ilícitos relacionados ao trânsito e aos veículos, de forma contínua e integrada, bem como contribuir por meio da educação de trânsito para a melhoria dos padrões de comportamento de motoristas. Nesta linha, também foi formalizada a criação da nova Gerência de Fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), compreendido pela reestruturação da Diretoria de Habilitação e Veículos. Foi autorizado ainda o primeiro curso de formação de agentes de trânsito do órgão.

Em seu pronunciamento, Casagrande falou sobre a importância do trabalho de fiscalização e educação para corrigir os comportamentos no trânsito que ameaçam a vida das pessoas:

“A sociedade demanda pela redução e controle na violência no trânsito. Alguns episódios recentes, como o racha na Terceira Ponte e o acidente com o granito na BR 101, poderiam ser evitadas. E quantas mais poderiam ser evitadas? Estamos trabalhando em duas frentes: uma na educação, levando a escolas e comunidades, e outra na fiscalização. A redução da impunidade deixa as pessoas inibidas em cometer esses atos. Sou contra flexibilizar e afrouxar as regras de trânsito. Somos contra tirar os radares. Inclusive, das rodovias estaduais não iremos retirar. Seria bom que o governo federal revesse sua decisão”, afirmou.

Participaram da solenidade a vice-governadora Jaqueline Moraes; a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro; o delegado-geral da Policia Civil, Darcy José Arruda; o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Roberto de Sá; o secretário-chefe da Casa Miliar, coronel Aguiar; a superintendente estadual de Comunicação Social, Flavia Mignoni; e o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira.


Formação de servidores para fiscalização

A formação de agentes será oferecida, a partir de agosto deste ano, pela Escola de Serviço Público do Estado (Esesp) e pelo Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/Senat), e será exclusivo para servidores efetivos do Detran|ES, com duração de dois meses. Estes, após formados, estarão aptos a autuar infrações de trânsito e a fiscalizar os credenciados do Órgão, como clínicas e Centros de Formação de Condutores (CFCs).

Além da autorização para o curso, o governador Casagrande também fez a entrega de cinco viaturas de fiscalização de trânsito ao Detran para que sejam utilizadas nas ações integradas e nas rotineiras de fiscalização pelos municípios do Estado.

Tecnologia para redução de acidentes

No evento, também foi autorizado, pelo governador e pelo diretor geral do Detran|ES, a contratação do Sistema Global de Registro de Infrações, uma tecnologia desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), que engloba o serviço de boletim de acidentes de trânsito, inteligência artificial para garantir maior segurança às infrações de radar do Departamento de Estradas e Rodagem do Estado do Espírito Santo (DER-ES) e mais agilidade no julgamento dos processos das defesas dos proprietários e condutores de veículos.

Para que os policiais militares do Batalhão de Trânsito possam utilizar o sistema, foram entregues 1.300 smartphones pelo Detran, em parceria com a Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger). De acordo com Givaldo Vieira, esta iniciativa vai permitir que seja feita, de forma digital, a fiscalização de trânsito, com procedimentos como laudo de alcoolemia, despacho de ocorrência, entre outros.

“Os registros de acidentes de trânsito serão feitos imediatamente com o aplicativo e com os smartphones que serão distribuídos à Polícia Militar e aos agentes do Detran em todo o Estado, para captar dados com mais segurança. Vamos oferecer o Sistema Global às guardas municipais e ao DER para que todo o processamento de infrações seja feito de forma digital, com mais transparência e agilidade para o cidadão, e vamos acabar com o papel nestes processos”, afirmou o diretor-geral do Detran|ES.  

Força pela Vida

As operações do Força Pela Vida, com foco na Lei Seca, motociclistas, Transporte Escolar, entre outros, serão planejadas e executadas pelo Comitê Integrado de Fiscalização e Educação no Trânsito, que reúne diversos órgãos atuando de forma integrada com foco na preservação da vida e na redução de acidentes.

O comitê é formado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES); Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp); Corpo de Bombeiros; Polícia Militar; Polícia Civil; Polícia Rodoviária Federal; Secretaria de Estado da Saúde (Sesa); Guardas Municipais;  Departamento de Estadas de Rodagem (DER-ES); Conselho Estadual de Trânsito; Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-ES) e Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros (Ceturb-ES).

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação do Detran|ES
Rhayan Esteves / Fabricia Borges / Fátima Negrelli / Zu Coelho
3137-2627 / 99943-7060

Voltar

Publicidade

HTML5 WHMSonic Radio Player

Musical Variado

A Seguir

18:00 Oração da Ave Maria